30 de julho de 2010

Comentando os números do Vox

Carta Diária Óleo do Diabo, Quinta-Feira 29 de julho de 2010

Na verdade, eu fiquei meio atrapalhado hoje. Agora sim arrumei tempo para fazer uns comentários sobre a pesquisa Vox Populi, cujo relatório completo acaba de ser publicado pelo instituto. Antes de tudo, lembremos mais uma vez que a pesquisa, divulgada semana passada, mostrou Dilma Rousseff oito pontos à frente de Serra, 41% X 33%.

Eu revirei esse relatório por todos os lados. O que mais chama atenção é a robusteza da petista. Confiram, por exemplo, a sequência abaixo.





Dilma tem uma avaliação positiva muito maior que Serra. A campanha negativa da imprensa não deu certo. Segundo o Vox Populi, 18% do eleitorado tem uma imagem "muito positiva" de Dilma, enquanto apenas 10% disseram ter a mesma opinião sobre Serra. Números bem legais para um "poste", não?

Repare que ela desfruta de uma imagem extremamente favorável junto às faixas de renda mais baixas, o que lhe assegura um voto firme junto ao eleitorado mais volumoso, e isso apesar de ser bem menos conhecida. É importante confrontar esses dados com os que informam sobre o grau de conhecimento dos candidatos. Repito abaixo sequência do post anterior sobre isso.



Enquanto apenas 2% dos entrevistados afirmaram não conhecer José Serra, um total de 6% afirmaram o mesmo sobre a candidata petista. Serra é bem mais conhecido que Dilma, conferindo à petista um grande potencial de crescimento.

*

6 - O PRESIDENTE LULA
6.1 - CANDIDATO APOIADO
Pelo que você sabe ou já ouviu dizer qual destes(as) é o(a) candidato(a) a presidente da república que tem o apoio do presidente Lula?



Repare que 18% dos entrevistados, ou mais de 20 milhões de eleitores, deram respostas equivocadas (ou não sabiam) sobre quem era o candidato apoiado pelo presidente Lula. Os números são muito volumosos entre as faixas de renda mais baixas e com menos instrução. É interessante analisar isso porque mostra que a mídia nacional não está cumprindo a sua função de levar informação correta à população. Teremos que esperar o início da propaganda eleitoral e o próprio "calor" do processo para observamos uma redução substantiva desse déficit de informação. Possivelmente nas eleições deste ano veremos gente votando sem saber quem é o candidato apoiado por Lula.



A tabela acima também é muito importante para compreender o processo político. Deixe-me explicá-la para quem não a entendeu bem. Ela mostra que 43% das pessoas que declararam voto em Serra ERRARAM quando questionados sobre quem é o candidato apoiado por Lula.  Ver comentário do Artur (o segundo) sobre essa tabela. Ou seja, grande parte do eleitorado de Serra não tem consistência, é composta por cidadãos que ainda não receberam a informação que é, obviamente, a mais importante para as eleições deste ano: quem é o candidato da situação, e quem é o candidato da oposição. O próprio Serra vem, deliberadamente, contribuindo para isso, ao afirmar que não é oposição, o que é um engodo, um ato de cinismo, uma tentativa de ludibriar o povo, visto que todas as forças que o apóiam integram uma oposição bastante radicalizada.

*

A conclusão que podemos tirar dos números do Vox Populi é que ainda há um percentual elevado de eleitores que não sabem que Dilma é a candidata apoiada por Lula, mas essa ignorância não deverá durar muito. A campanha dilmista tem até o dia 3 de outubro para sanar esse déficit. No próprio dia da eleição, mesmo sendo proibido o boca de urna, a pessoa mais desinformada do Brasil poderá ouvir alguém na rua cantando um jingle ou vociferando alguma preferência, deixando bem claro quem é quem.

7 comentarios

dedo na ferida disse...

Caros Amigos,
vamos torcer para que nossa Dilma continue apresentando a ROBUSTEZ que a caracteriza. Deixemos a ROBUSTEZA para o neotucano Zé Pedágio.
Amorim de Andrade

Artur disse...

Miguel,

Permita-me discordar da sua leitura sobre a última tabela apresentada. Ela não quer dizer isto que vc afirma. A correta leitura dela tem uma implicação muito mais definitiva para entender as tendências desta eleição.

O que a tabela faz é dividir o eleitorado (cada uma das colunas) entre os que sabem quem Lula apoia e os que não sabem.

Na parcela que sabe, Dilma tem 47% das intenções do voto contra 31% de Serra. Já entre os que não sabem, Dilma tem 12% contra 43% de Serra. Deste cruzamento de dados podemos inferir muito claramente a tendência básica desta eleição, que é que a intenção de Dilma cresce proporcionalmente a sua identificação com Lula. Com aproximação das eleições, a percentagem de identificação deverá ser próxima dos 100% e a intenção de voto de Dilma deverá convergir para perto dos 47%, possivelmente mais que isto, pois ela deverá ganhar votos dos indecisos de hoje.

Resumindo, este tabela indica claramente que a eleição vai acabar no primeiro turno, com Dilma tendo perto de 50% dos votos totais. É cristalino e definitivo. E você nunca verá tal análise na nossa "grande" imprensa...

Estes números ainda permitem uma correlação interessante com a pesquisa do Datafolha. Nesta última pesquisa, o Datafolha indicou um nível de identificação de Dilma com Lua de 70%, contra 82% do Vox. Transportando os números desta tabela para o nível de conhecimento do Datafolha (70%, 30%), chegamos as seguintes intenções de voto (aproximadas): Dilma 37%, Serra 35%, ou seja, praticamente os mesmos números apresentados pelo Datafolha, pois as diferença caem dentro da margem de erros. Isto quer dizer que a única diferença significativa entre as pesquisa é o nível de identificação de Dilma como candidata de Lula. Os números são simples e definitivos.

Miguel do Rosário disse...

valeu artur, essa tabela me confundiu um pouco mesmo. mas eu já havia entendido mais ou menos isso que voce falou, que aliás reforça o cerne da minha argumentação.

obrigado pela participação.

abraço

José Marcio disse...

Dilma!!! Dilma!!! Lula!!! Sergio Cabral!!!

José Marcio disse...

O Artur é educado né? rs

José Mendes disse...

Miguel, sugestão de pauta quanto ao oriente médio: http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/07/27/cameron-critica-bloqueio-diz-que-gaza-campo-de-prisioneiros-917252668.asp
[]s

teclado espiao disse...

Atualmente já se consegue monitorar computadores a distância com apenas 1 clique. existem vários investigadores particulares que se juntam a programadores e criam softwares de espionagem muito perigosos para quem utiliza computador com internet. Estes aplicativos podem se instalar a distância de forma imperceptível e captar tudo que a pessoa tecla no computador. Desta forma descobre-se todas as senhas de e-mails daquela pessoa espionada. Isto se torna muito perigoso porque este software espiao pode ser acoplado junto com fotos, filmes e arquivos de qualquer natureza, ficando disfarçado e quando a pessoa abre se instala no computador.Um destes sites vende indscriminadamente este serviço no endereço http://www.investigacao-virtual.info

Postar um comentário